Pesquisar este blog

23.2.05

Passeios em Grupo dos "Amigos do Rio"


O passeio 1, dia 12 / 03 / 05, será na Lagoa Rodrigo de Freitas com a participação especial do Biólogo Mário Moscatelli.

O passeio 2, dia 19 / 03 / 05, será no Passeio Público e na Cinelândia com a participação especial do Jornalista Leonardo Ladeira (editor do site www.passeiopublico.com.br/maispasseio ) e da Arquiteta Vera Dias (Chefe da divisão de Monumentos e Chafarizes da Fundação Parques e Jardins da Prefeitura do Rio)

O grupo “Amigos do Rio” foi criado com o objetivo primordial de promover, possibilitar e facilitar o encontro cultural e social dos cariocas com a sua cidade e seus espaços públicos. O Grupo “Amigos do Rio” é um projeto inédito na cidade e é uma iniciativa do Espaço e Expressão e dos Arquitetos e Urbanistas Abraão Dahis e Antônio Agenor de Melo Barbosa, ambos com muitos anos de experiência docente e na realização de atividades e eventos culturais.

Informações e inscrições: cursoseeventos@plantabaixa.com / tel: (21) 2548 8022 e (21) 3287 3262

Passeios em Grupo

--------------------------------------------------------------------------------

Grupo Amigos do Rio

--------------------------------------------------------------------------------

PASSEIO 1


"Procurando a capivara na Lagoa" - Sábado, 12 de março

Responsável: Espaço e Expressão

Informações:

Primeiro Encontro: O primeiro encontro social e cultural dos “Amigos do Rio” já está marcado e será no dia 12 de março de 2005 (sábado) na Lagoa Rodrigo de Freitas com um passeio intitulado “Procurando a Capivara na Lagoa”.

Ficha Técnica:

A Lagoa nunca esteve tão bem falada como nos últimos tempos aqui na cidade. Objeto de crônicas memoráveis de jornalistas e escritores como Carlos Heitor Cony da Folha de São Paulo e Cora Rónai do Jornal O Globo, este é um espaço simbólico e cartão postal do Rio. A revitalização do seu entorno com a implantação de quiosques, a celebração anual do Natal pela frondosa e luminosa árvore flutuante, a manutenção cuidadosa dos manguezais fruto do trabalho do Biólogo Mário Moscatelli e mais recentemente a descoberta de diversos animais que habitam aquele ambiente como o caso da famosa Capivara da Lagoa, faz daquele espaço um local privilegiado em que a história e o cotidiano da cidade podem ser percebidos com destaque.
Guiados pelo Professor Antônio Agenor Barbosa e munidos com suas respectivas máquinas fotográficas e/ou cadernos de desenho e croquis, os Amigos do Rio percorrerão a orla da Lagoa com o intuito de fotografar e desenhar algumas cenas e paisagens que serão objeto de uma futura premiação para a melhor imagem criada após o evento.

Participação especial: Biólogo e Professor Mário Moscatelli

Roteiro e atividades culturais previstas:

O nosso passeio a pé compreenderá alguns trechos do entorno de 7,5 km de extensão da Lagoa Rodrigo de Freitas que compõem parte de um espaço fundamental no desenvolvimento e na ocupação urbana de toda a Zona Sul do Rio de Janeiro. Os limites de seu espelho d’água que outrora ocupavam áreas muito maiores do que as atuais, foram paulatinamente sendo subtraídos para dar espaço ao surgimento de bairros como Jardim Botânico, Ipanema e Leblon por onde avançam seus limites nos dias de hoje. Chamada pioneiramente pelos índios Tamoios de Piraguá (água parada) e, posteriormente, de Socopenapã devido à grande quantidade de aves ribeirinhas chamadas de Socós, a orla da Lagoa também é um exemplo de importantes realizações como é o caso da Obra do Berço, na Fonte da Saudade, que é a primeira obra construída (e ainda de pé), em 1936, pelo então jovem arquiteto carioca Oscar Niemeyer. Em toda a orla da Lagoa também existem importantes obras de arquitetos como Paulo Casé e Edmundo Musa e também a Reserva Ambiental que constitui o Parque da Catacumba onde se localiza o Pico do Sacopã com 134 m de altura. A história do Parque também é importante, pois ali se localizava a Favela da Catacumba que foi removida pelo então Governador da Guanabara Carlos Lacerda. Hoje a referida área integra a Área de Proteção Ambiental (APA) do Morro dos Cabritos. Também é o lugar onde os principais clubes do Rio mantêm suas sedes náuticas para a realização de tradicionais competições de remo; esporte este que, de fato, originou clubes como Flamengo, Vasco da Gama e Botafogo todos pioneiramente clubes de regatas e não de futebol.

Quando: sábado, dia 12 de março de 2005 **

Horário: das 9:30h até as 13:00h

Ponto de encontro: às 9:30h no deck dos pedalinhos em frente ao Corte do Cantagalo, na Lagoa Rodrigo de Freitas

** Em caso de chuva no dia e na hora do evento, o passeio fica automaticamente transferido para o sábado seguinte no mesmo local e horário.

INSCRIÇÃO: Pelo site da Espaço e Expressão: www.plantabaixa.com

MAIS INFORMAÇÕES: Pelos telefones: (21) 2548 8022 e (21) 3287 3262


PASSEIO 2


“Dos jacarés do Mestre Valentim às louras do Amarelinho” - Sábado, 19 de março

Responsável: Espaço e Expressão

Informações:

Segundo Encontro: O segundo encontro social e cultural dos “Amigos do Rio” já está marcado e será no dia 19 de março de 2005 (sábado) no Passeio Público e na Cinelândia, com uma visita intitulada “Dos jacerés do Mestre Valentim às louras do Amarelinho.”

Ficha Técnica:

O Passeio Público é o primeiro parque urbano do Brasil e, sem exageros, um dos mais importantes parques do mundo. Obra máxima de Mestre Valentim no século XVIII e, posteriormente no século XIX, objeto de intervenção do paisagista francês Glaziou, o Passeio Público foi recentemente restaurado pela Prefeitura e pela Fundação Parques e Jardins da Secretaria de Meio Ambiente. Da Cinelândia, ali ao lado do Passeio Público, o que podemos falar? Trata-se de um dos espaços do Rio de Janeiro mais conhecidos em todo o Brasil e espécie de caixa de ressonância de diversas manifestações sociais, culturais e políticas que ainda fazem desta cidade a Capital Cultural e simbólica do Brasil. Os mais velhos devem se lembrar que a Cinelândia foi palco da famosa Passeata dos Cem Mil e, os mais novos, sabem que em 1992, os "carapintadas" foram para as ruas para derrubar o Presidente Collor, o que provocou o seu impeachment (impedimento). Guiados pelo Professor Antônio Agenor Barbosa e munidos com suas respectivas máquinas fotográficas e/ou cadernos de desenho e croquis, os Amigos do Rio percorrerão o Passeio Público e a Cinelândia com o intuito de fotografar e desenhar algumas cenas, edifícios e paisagens que serão objeto de uma futura premiação para a melhor imagem criada após o evento.
Participação especial: Jornalista Leonardo Ladeira – Editor do Site Passeio Público e da Revista Mais Passeio. (www.passeiopublico.com.br/maispasseio) e da Arquiteta Vera Dias - Chefe da Divisão de Monumentos e Chafarizes da Fundação Parques e Jardins da Prefeitura do Rio.

Roteiro e atividades culturais previstas:

O nosso passeio a pé compreenderá os jardins do Passeio Público e toda a Praça Floriano, mais conhecida como Cinelândia, a terra do cinema; haja vista que foi naquela área que os belos edifícios que abrigavam as primeiras salas de projeção de filmes na cidade foram instalados. Hoje, a Cinelândia e todo o seu entorno passam por um importante processo de revitalização como é o caso da restauração já concluída do Passeio Público e do Cinema Odeon e também as que estão em obras como a do Cine Palácio ( em estilo Mourisco) e a do Museu Nacional de Belas Artes localizado na Avenida Rio Branco; via aberta pelo Prefeito Pereira Passos que governou o Rio de Janeiro no início do século XX. Edifícios como a Sala Cecília Meireles (onde funcionou o Grande Hotel até 1948 e posteriormente o Cinema Colonial na época em que o Rio era Capital do Brasil), a Biblioteca Nacional (a oitava maior biblioteca do mundo em acervo e a maior da América Latina), o Teatro Municipal (inspirado no Palais Garnier, o l'Opéra de Paris) dentre outros serão objeto de visita e de informações históricas e arquitetônicas passadas aos “Amigos do Rio” que participarem deste evento. Sobre o Passeio Público podemos dizer que foi uma das mais importantes obras do Rio de Janeiro na época da colônia e por ali passaram artistas fundamentais para as artes no Brasil como o Mestre Valentim (autor do bonito chafariz ainda de pé na Praça XV) e o renomado paisagista francês Auguste Glaziou, autor de projetos paisagísticos como o Campo de Santana e a Quinta da Boa Vista.

Quando: sábado, dia 19 de março de 2005 **

Horário: das 9:30h até as 13:00h

Ponto de encontro: às 9:30h na Rua do Passeio em frente ao Portão Principal de acesso ao Passeio Publico. (Referência: em frente às lojas Americanas)

** Em caso de chuva no dia e na hora do evento, o passeio fica automaticamente transferido para o sábado seguinte no mesmo local e horário.

INSCRIÇÃO: Pelo site da Espaço e Expressão: www.plantabaixa.com

MAIS INFORMAÇÕES: Pelos telefones: (21) 25488022 e 32873262

Mais Informações:

Objetivo: O grupo “Amigos do Rio” foi criado com o objetivo primordial de promover, possibilitar e facilitar o encontro cultural e social dos cariocas com a sua cidade e seus espaços públicos.

Público alvo: Qualquer cidadão, de 8 a 80 anos, que tenha real interesse em conhecer a história e a cultura da cidade e do seu povo, da sua arquitetura, da sua evolução urbana e que, sobretudo, seja um verdadeiro carioca - de nascimento ou de adoção, morador do Rio ou que esteja aqui de passagem - apaixonado por esta Cidade Maravilhosa.

Promoção: O Grupo “Amigos do Rio” é um projeto inédito na cidade e é uma iniciativa do Espaço e Expressão e dos Arquitetos e Urbanistas Abraão Dahis e Antônio Agenor de Melo Barbosa, ambos com muitos anos de experiência docente e na realização de atividades e eventos culturais.

Reserve logo a sua vaga para os próximos encontros dos “Amigos do Rio”:

1) Sábado, dia 2 de abril de 2005: Avenida Pasteur e Urca

2) Sábado, dia 16 de abril de 2005: Largo do Machado e Catete

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget