Pesquisar este blog

19.3.05

DEZ frases de um repolho
(Lula Branco Martins)

Coisas que a garotada anda falando por aí. E que fazem, de cada um deles, uma verdura em potencial


1. ''Estudar História pra quê?'' É só isso que eles questionam na vida. Disciplinas como História, Filosofia e Literatura, as humanidades enfim, não fazem a cabeça dos jovens repolhos. Dá a impressão que eles se bastam em sua ignorância.

2. ''Chaplin? É muito chato!'' É, eles acham chato tudo que é patrimônio cultural da humanidade. Deviam ser amarrados na cadeira, forçados a ver obras-primas.

3. ''Política e religião não se discutem.'' Frase que os repolhos repetem pois não sabem nada, não se informam. Como então discutir alguma coisa?

4. ''Ler dá uma dor de cabeça...'' Sim, pois a dita cuja está enferrujada. Porque esses vegetais não lêem livros, jornais, revistas, e aí ficam todos travados.

5. ''Só no Brasil mesmo!'' Bordão que os repolhos levarão para a vida adulta se não se interessarem em conhecer melhor o que acontece pelo mundo.

6. ''Não ouço Beatles, não são do meu tempo.'' Nem Beatles, nem Tom, nem Bach. Nenhum clássico é do tempo de um repolho que só ouve bodegas na TV.

7. ''Papo intelectual me deixa irritado!'' Claro, afinal de contas, pensar, refletir, criticar e questionar deve machucar demais essas cabecinhas de verdura.

8. ''Ooooi, tem alguém na sala?'' Melhor frase deles na internet. Daí em diante é ''gatinho'' pra cá e ''como você é?'' pra lá, numa grande rede de repolhagem virtual.

9. ''Que corpo sarado!'' Ninguém diz que um amigo ou amiga tem uma ''cabeça sarada''. Só corpo vale. Não percebem que as mentes estão doentes.

10. ''Num sei...'' O professor pergunta: ''Entendeu?'' O aluno balança a cabeça e diz: ''Entendi.'' O mestre prossegue: ''Explica!'' O repolho não consegue.



(fonte)

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget