Pesquisar este blog

29.2.12

“Toda pessoa normal tinha que ter um fã.”

(Ivete Sangalo, no “Altas Horas”, após receber a ajuda de um fã para lembrar o nome de um dos seus CDs, citada na Revista da TV d’O Globo em 26/02/2012.)

Olha, fã eu não sei, mas devia ser um dos itens listados na Declaração dos Direitos Humanos alguma coisa como:

Toda pessoa humana tem o direito inalienável de ter orbitando por sua vida e orbitar a vida de amigos que:

  1. Perguntem: “Mas, e você, como está se sentindo no meio disso tudo?” ou “Você já parou pra pensar o que isso que dizer, né?”
  2. Deem, com toda doçura, feedbacks desconcertantes, que deixam você pensando por dias, ao falar de coisas que observam a seu respeito, boas ou nem tanto, e que outras pessoas também podem estar vendo ou não, mas simplesmente não tem a lindeza de dizer.
  3. Alegram e emocionam a gente simplesmente sendo como são.
  4. Sempre sabem qual é a boa, contam pra você e têm um talento agregador enorme, sustentado em muito carisma e boa-gentice.
  5. Estejam presentes em casamentos, batizados, formaturas, premiações, visitem no hospital, vão ao seu velório e nos lançamentos dos seus livros.
  6. Choram e riem, mas nunca deixam de tentar/amar/levantar/cair/criar de novo.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget